• Herdade dos Grous

Herdade dos Grous

Portugal
Ano de criação:
2002
Enólogo:
Luís Duarte

Se o Alentejo representa o Novo Mundo do vinho em Portugal, a Herdade dos Grous é um dos maiores testemunhos. A propriedade de cerca de 730 hectares – um oásis à beira de uma grande barragem, com um hotel de charme, olival, pomar e criação de cavalos, além de suínos, bovinos e ovinos de raças autóctones – reserva 10% de sua área para a elaboração de vinhos de alta gama, em estilo internacional.

O projeto pertence ao grupo VILA VITA Hotels, mas quem capitaneou a empreitada em Portugal e gere as inúmeras atividades, especialmente a vinificação dos tintos e brancos, é o reputado enólogo Luís Duarte, eleito três vezes “Enólogo do Ano” em Portugal. Em 1987, foram plantados os vinhedos e, em 2005, construída a adega.

O nome da propriedade remete a um pássaro de plumagem colorida comum da região – o grou. Foi a forma encontrada de prestar homenagem à natureza. E esse respeito se estende ao cultivo orgânico dos vinhedos. A viticultura é adaptada a cada cepa, a rega é controlada gota-a-gota e a adega ostenta tecnologia arrojada, como lagares com temperatura controlada e salas refrigeradas para a fermentação dos vinhos em barricas de carvalho de diferentes procedências. Produzidos em pequena quantidade, os vinhos da Herdade dos Grous são a expressão máxima do Alentejo moderno – ricos, redondos e cheios de fruta.

Os vinhos da Herdade dos Grous são a expressão máxima do Alentejo moderno – ricos, redondos e cheios de fruta.

A Herdade dos Grous é a primeira empresa produtora de vinhos do Alentejo a atingir os objetivos propostos pelo Programa de Sustentabilidade dos Vinhos do Alentejo (PSVA) para a obtenção da certificação em Produção Sustentável. O PSVA, um projeto pioneiro em Portugal, foi criado pela Comissão Vitivinícola Regional Alentejana em 2015 e tem atingido um crescente reconhecimento internacional.
“A nossa missão é produzir de modo sustentável, protegendo o ambiente, promovendo o bem-estar dos colaboradores e beneficiando a comunidade local na qual estamos inseridos. Por esta razão a certificação proposta pelo PSVA pareceu-nos um passo natural no decorrer da nossa atividade. É com grande alegria que vemos toda a nossa dedicação e cuidado na produção sustentável, um trabalho de toda a equipa ao longo de anos, ser reconhecida oficialmente!” Dezembro, 2020.
FOTOS E VÍDEOS