• Tamarí

Tamarí

Argentina
Ano de criação:
2002
Enólogo:
Andrea Ferreyra

Na língua indígena huarpe, dos povos ancestrais de Mendoza, Tamarí significa “fazer as coisas com paixão e sentimento”.

Essa é a filosofia da Bodega Tamarí, inaugurada em 2002 e que pertence ao grupo vitivinícola Viña San Pedro Tarapacá, um dos maiores do setor na América do Sul.

Situada em Paraje de Altamira, no Vale do Uco, uma zona de Mendoza conhecida pelas privilegiadas condições para o cultivo da vinha, a Bodega Tamarí dedica-se à elaboração de vinhos tintos e brancos com caráter tipicamente argentino, em diferentes faixas de preço. Os vinhedos se esparramam aos pés da Cordilheira dos Andes por 400 hectares entre 900 e 1.100 metros de altitude. Nesse cenário, a amplitude térmica impressiona – a diferença de temperatura entre o dia e a noite pode chegar a 16 graus Celsius! Isso explica a maturação lenta e plena das uvas. Além disso, o clima é muito seco, o que é bom para proteger a videira de pragas. Já o solo caracteriza-se pela origem aluvial, sendo pouco fértil, cheio de pedras, com textura arenosa e também com grande conteúdo de argila.

No comando da enologia figura Andrea Ferreyra, que com as impecáveis uvas do Vale do Uco elabora vinhos muito saborosos. O tinto AR, 100% Malbec, é a grande estrela do portfólio da Tamarí. Já o Dos Mundos consiste num projeto inovador, que conta com a parceria do premiado enólogo português Luís Duarte. De produção minúscula, trata-se de uma mescla de uvas que tem a Malbec como protagonista. Sua façanha é conciliar a exuberância de Mendoza e o charme dos tintos europeus. E para os que estão chegando agora ao mundo do vinho, a linha Special Selection e a linha La Finca é uma ótima introdução, com opções saborosas e acessíveis para o dia a dia.

FOTOS E VÍDEOS